Bebidas açucaradas e doenças cardiovasculares estão relacionadas, apontam estudos

Bebidas açucaradas e doenças cardiovasculares estão relacionadas, apontam estudos

Você sabia que bebidas açucaradas e doenças cardiovasculares foram alvo de recente estudo?

Entendemos por bebida açucarada aquela com 5% ou mais de açúcar em sua composição. Isso inclui sucos naturais, para surpresa de muitos. Já expliquei neste artigo como os sucos de frutas nem sempre são uma opção assim tão saudável, embora sejam infinitamente melhores que os refrigerantes.

Isso porque a alta concentração de frutose contida nessas bebidas também sobrecarrega o fígado. E mais: bebidas adoçadas com substância natural como stevia também foram avaliadas pelo estudo.

O critério usado foi a concentração de 5% de açúcares, analisando sempre a propensão de risco cardiovascular. Confira a seguir.

O funcionamento do estudo

O estudo publicado no American Journal College of Cardiology avaliou 1.379 casos incidentes de acidente vascular cerebral, ataque isquêmico transitório, infarto agudo do miocárdio, síndrome coronariana aguda e angioplastia na coorte durante 2009 a 2019.

Todos os casos foram comprovados por meio de registros médicos.

Após ajustes para uma ampla variedade de fatores de confusão relacionados com a alimentação, demografia e saúde, os pesquisadores descobriram que aqueles que consumiam uma quantidade elevada de bebidas adoçadas com açúcar ou artificialmente apresentaram risco 20% e 32% maior de problemas cardiovasculares respectivamente, em comparação com aqueles que relataram não consumir nenhuma dessas bebidas.

Os participantes do estudo que mais consumiam esse tipo de bebida costumavam beber, em média, 185 mL diários de bebidas adoçadas com açúcar ou 176 mL por dia de bebidas adoçadas artificialmente.

Assim, o estudo conclui que essas bebidas, mesmo livres do açúcar branco, podem não ser uma boa alternativa à saúde.

O problema das bebidas doces

Além da questão do risco cardiovascular não diz respeito apenas em relação à bebida em si.

No entanto, também precisamos refletir sobre as ocasiões em que esse consumo ocorre. Algo bem observado por um dos revisores desse estudo, Dr. Robert Vogel da Universidade do Colorado, é que os sucos costumam vir acompanhados de outras opções repletas de açúcar. Logo, geram ainda mais sobrecarga aos sistemas digestório, elevando os níveis de açúcar no sangue e contribuindo para o surgimento de doenças cardiovasculares.

Já comentamos sobre os riscos da relação entre açúcar e doenças do coração neste artigo.

Portanto, o consumo desse tipo de alimento deve ser sempre moderado e reduzido ao máximo.

Assista à minha aula gratuita

Para te ajudar a entender sobre a saúde do seu coração, eu e o cardiologista Dr. Túlio Sperb preparamos uma aula 100% gratuita sobre suplementos e fitonutrientes para a saúde no coração.

Uma explicação completa sobre tudo que envolve a prevenção cardiovascular a qualquer paciente. Para participar, basta clicar no botão abaixo:

Conheça o método para viver com muita saúde e energia.