Hipócrates, sábio grego considerado o pai da medicina,  400 anos antes de Cristo já falava onde estava o elixir da saúde: nos alimentos.

Costumo falar bastante aqui em meus artigos sobre os riscos e malefícios de uma série de “alimentos” – que na verdade não podemos considerar como tal – e de como eles prejudicam e impedem nossa jornada por uma vida de saúde, bem estar e longe das doenças.

Leia aqui meu artigo sobre os perigos do Aspartame e não deixe de conferir também o meu livro sobre o Glúten e sua saúde.

Hoje trago para você boas notícias: um alimento milenar, conhecido em muitos países como “A Árvore Milagrosa” e que é uma fonte enorme de:

  • nutrientes
  • aminoácidos
  • antioxidantes
  • propriedades antienvelhecimento
  • anti-inflamatórias

Continue lendo para aprender mais sobre a Moringa Oleífera. Conheça seus principais benefícios e como consumi-la da melhor maneira.

 

Moringa Oleífera: A Planta Milenar

 

Acácia branca, Árvore Rabanete de Cavalo, Cedro, Moringueiro e Quiabo de Quina são apenas alguns dos outros nomes pelos quais a Moringa Oleífera também é conhecida.

A planta Moringa já existe há mais de 4000 anos

Recomendada pela ONU, UNICEF e OMS (Organização Mundial da Saúde) pelas suas propriedades nutritivas, e tem suas origens na Índia e no Norte da África.

Alimentando pessoas em sociedades menos desenvolvidas há milhares de anos. O uso da moringa tem sido incentivado por diversas organizações humanitárias como forma de combate à desnutrição e seus efeitos naquelas regiões mais atingidas pela pobreza.

Hoje a família da Moringa possui 13 espécies distintas, mas toda a atenção se concentra especificamente na Moringa Oleífera devido às suas grandes capacidades medicinais e curativas.

Mesmo tendo sido utilizada por milhares de anos, foi somente a partir da década de 70 que estudos começaram a ser conduzidos acerca das suas propriedades nutricionais.

Apesar da longa existência e dos inúmeros estudos reforçando suas qualidades, esta incrível planta ainda é pouco difundida no Brasil.

 

Potencial Nutritivo

 

Encontrar um alimento que sozinho contenha mais de 92 nutrientes, além de:

  • mais Vitamina A que a cenoura
  • mais Cálcio que o leite
  • mais Ferro que o espinafre
  • mais Vitamina C que a laranja
  • mais Potássio que a banana pode parecer mentira.

Pode  até parecer mentira, mas não é.

O mais impressionante?

Em estudo publicado pela Congent Food and Agriculture Journal em 2006, a análise da farinha da moringa oleífera demonstrou ser tanto uma fonte riquíssima de proteínas e carboidratos, como possuir a presença de todos os aminoácidos essenciais.

Não fosse o bastante, esta “simples” árvore ainda contém 46 antioxidantes, Ômega 3, 6 e 9 e um total de 36 propriedades anti-inflamatórias.

A isso, adicione quantidades consideráveis de:

  • Vitamina B1, B2, B3, B6
  • Magnésio
  • Fósforo
  • Zinco

 

Ação Antioxidante

 

À medida que nós envelhecemos, nosso organismo começa a liberar mais radicais livres que geram um estresse oxidativo em nosso corpo. Esse estresse oxidativo pode levar a doenças degenerativas como Alzheimer, Parkinson e ELA (Esclerose Lateral Amiotrófica) – além de facilitar o desenvolvimento de um câncer, inclusive.

Em pesquisa conjunta da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, foi descoberta a capacidade da planta no combate desses radicais livres, impedindo a proliferação destas doenças, além de ainda ajudar na prevenção e controle do câncer.

A planta moringa oferece uma mistura rica de antioxidantes como a quercetina, a rutina, a zeatina e o ácido clorogênico e beta-sitosterol.

Em estudos recentes independentes demosntraram que o pó das folhas da moringa alcançou um ORAC (sigla em inglês para Capacidade de Absorção do nosso Organismo) superior a qualquer outro alimento antioxidante da lista: superou o açaí, amoras, chocolate escuro e chá verde.

Quer conhecer outro alimento rico em antioxidantes e seus benefícios? Conheça o poder da Pimenta!

 

Reduz Inflamações

 

Os flavonoides, isotiocianatos e ácidos fenólicos presentes nas folhas, vagens e sementes da moringa representam seu grande potencial anti-inflamatório.

O diabetes geralmente causa problemas circulatórios que podem ser administrados através de suplementos inibidores de inflamações, tornando os suplementos a base da Moringa uma ótima opção natural para essas pessoas administrarem o açúcar no sangue e cuidar dos sintomas da diabetes.

Quem sofre com úlceras estomacais, artrites e edemas pode ainda se beneficiar das características naturais anti-inflamatórias da planta, que inibem os sintomas dessas condições.

A Moringa conta também com propriedades diuréticas, antibacterianas e antivirais, regula o sistema digestivo (prevenindo diarreia ou prisão de ventre) e promove a nutrição do sistema imunológico do corpo.

As vantagens da utilização da planta moringa para a saúde são tantas que renderiam um – ou dois – livros extensos.

Porém, estes benefícios só são aproveitados de verdade se ela for consumida (e manejada) da maneira correta.

 

Como aproveitar os benefícios da Planta Moringa

 

As folhas e talos da moringa podem ser consumidas em saladas, chás, refogados e preparações, mas é na forma de farinha que se concentra a maior parte das suas propriedades.

As cápsulas de farinha da Planta Moringa são obtidas através de um processo que começa em seu cultivo, passando pela secagem das folhas até o processo de moagem.

O plantio correto e a secagem realizada em estufas com temperaturas controladas são fundamentais neste sentido.

Este processo permite que as propriedades naturais da planta sejam preservadas e concentradas, garantindo que você retire o máximo dos nutrientes.

 

É bem verdade o que citei no início: o alimento que escolhemos ingerir atua diretamente na nossa saúde.

Porém, a qualidade deste alimento também está ligada ao caminho pelo qual ele passa até chegar à nossa mesa. Lembre-se disso ao escolher o que você está colocando dentro do seu corpo.

A Moringa oferece uma combinação como nenhuma outra, capaz de lidar com praticamente qualquer doença, além de se mostrar uma fonte poderosa de nutrientes e na manutenção da nossa imunidade.

Sem dúvidas, uma ótima opção àqueles que desejam complementar sua alimentação em busca de uma vida plena e saudável.

Dr. Victor Sorrentino