Poucos dão aos aspargos o valor que eles merecem, portanto resolvi mostrar porque esta iguaria merece estar inserida como um ingrediente de ouro na sua dieta!

Primeiro as curiosidades acerca do nosso amigo verdinho!

Uma curiosidade histórica: existem registros de que figurões poderosos como o imperador romano Otávio Augusto e o naturalista também romano Plínio apreciavam muito este alimento, tanto que o segundo inclusive chamava os aspargos de “a verdura de Deus“!

Os aspargos possuem um sabor encorpado mas ao mesmo tempo delicado, poucas calorias e são especialmente ricos em ácido fólico, além de ter propriedades diuréticas.

 

Os Benefícios do Aspargo

Os aspargos contêm nutrientes anti-inflamatórios, saponinas e flavonóides quercetina, rutina, laempferol e isoramnetina, que são poderosos no combate a artrite, asma e doenças autoimunes.

É um poderoso antioxidante, quem diria? A glutationa, encontrada nos aspargos, contém ácido glumático, glicina e cisteína, que combinados, atuam como importantes agentes de oxidação e redução poderoso no nosso corpo.

Os aspargos também atuam na prevenção do câncer, com suas propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, aspargo é um lutador forte contra câncer na bexiga, mama, cólon, pulmão, próstata, ovário e outros tipos de câncer.

Colaborando com a  sua dieta e a sua digestão, a inulina, carboidrato presente nos aspargos, contribui com o crescimento de bifidobactérias e lactobacilos, duas bactérias que aumentam a absorção de nutrientes, e diminui o risco de alergia e câncer de cólon, e ajudar a evitar bactérias hostis de tomar posse em nosso trato intestinal.

 

Um copo de aspargos contém mais de 11% da ingestão diária recomendada de fibra dietética e de quase 10% da ingestão diária recomendada de proteína.

A fibra saudável e o teor de proteína de aspargos estabiliza a nossa digestão, inibe excessos, mantém uma baixa quantidade de açúcar no sangue e previne a constipação. E, finalmente, uma xícara de aspargos também contém apenas 43 calorias.

Eles ainda são uma excelente fonte de vitamina K (representando 114% da ingestão diária recomendada em um copo), que promove a síntese da osteocalcina, proteína que fortalece os ossos. A vitamina K também impede o acúmulo de cálcio no nosso tecido, prevenindo a aterosclerose, doenças cardiovasculares e acidente vascular cerebral.

Importante

O aspargo pode provocar um odor característico na sua urina, mas não se assuste, o odor não possui nenhuma consequência nociva. As substâncias que provocam odor são um resultado do metabolismo de um de seus componentes, que contém enxofre. Cerca de 40% a 50% das pessoas produzem esses metabólitos e ficam com o cheiro da urina alterado, mas nem todas as pessoas conseguem perceber a diferença no odor: cerca de 60% das pessoas são insensíveis a ele.

Agora só falta adicionar os aspargos à sua lista de compras!

Até o próximo artigo,

Dr. Victor Sorrentino