O que influencia o desenvolvimento de uma doença autoimune?

O que influencia o desenvolvimento de uma doença autoimune?

Saber o que influencia o desenvolvimento de uma doença autoimune é essencial nos dias atuais. Cada vez mais pessoas manifestam essas condições no organismo e, infelizmente, passam anos doentes sem saber.

Alguns dos sintomas acabam fazendo parte do cotidiano da pessoa, que acostuma-se ao desconforto ou faz uso de medicamentos por conta própria para controlar a situação.

O problema é que esses remédios muitas vezes se limitam a aliviar um sintoma. Não agem direto na doença e ainda podem prejudicar outros sistemas do organismo.

É por isso que entender sobre doenças autoimunes é cada dia mais importante.

Continue até o final para saber mais sobre o desenvolvimento de uma doença autoimune.

Por que o corpo manifesta uma doença autoimune?

Há pouco mais de 20 anos, era muito raro ouvir que alguém não podia beber leite devido à intolerância à lactose. Hoje, é o que existe de mais comum.

Isso ocorre devido à intoxicação cada vez mais comum. Falei da questão da lactose por ser uma das mais populares, mas todas as doenças autoimunes são cada vez mais diagnosticadas.

Podemos creditar esse aumento das doenças autoimunes à nossa vida cada vez mais tóxica. O contato com elementos tóxicos em grande quantidade e combinados prejudica muito o organismo.

Essas toxinas estão presentes nos nossos alimentos, principalmente os industrializados, processados e cheios de agrotóxicos. Também podem ser encontrados na água que bebemos, nos cosméticos que usamos e até no ar que respiramos.

Essa exposição prolongada aos tóxicos faz que o organismo precise dar uma resposta. Caso o intestino, que é o órgão por onde passam todos os alimentos que consumimos, reagisse a todo momento, seria inviável para o funcionamento do corpo.

O intestino é programado para não reagir, apenas absorver e fazer suas funções. No entanto, jamais era esperado pela nossa fisiologia que tantos alimentos industrializados passariam pelo intestino.

Portanto, o excesso dessas substâncias passando pelo trato digestório acabam alterando a estrutura intestinal e acabando com a microbiota. Sem as defesas naturais, é comum que se manifestem as doenças autoimunes.

Influências da infância

Nosso jeito de nascer e a alimentação durante a infância mudaram muito. Com a popularização do parto cesáreo, cada vez menos o ser humano recebe a colonização do intestino pelas bactérias boas ao passar pelo canal vaginal durante o parto normal.

O outro momento da colonização ocorre durante a amamentação. Porém, o uso de fórmula infantil também vem diminuindo a colonização da microbiota intestinal nos primeiros meses de vida.

Leia também: Tipos de gordura: trans, insaturada e saturada.

É por isso que a alimentação nos primeiros meses e anos de vida é fundamental para a saúde. Quanto mais cedo o ser humano tem contato com alimentos que não são saudáveis ou úteis à sua fisiologia, maiores as chances do organismo reagir.

Sempre tem a ver com intestino? Embora a doença autoimune possa se manifestar em outros órgãos, como a pele, estômago, tireoide, entre outros, não podemos esquecer que é uma parte de todo um organismo.

Como o intestino é o responsável pela absorção dos nutrientes, o seu papel é muito prejudicado quando entra em contato com as toxinas e seu desequilíbrio afeta todo o organismo. Inclusive, aumentando as chances de desenvolver doença autoimune, quando o corpo ataca suas próprias células.

Espero ter esclarecido sobre o que influencia o desenvolvimento de uma doença autoimune. Para saber mais, assista ao vídeo abaixo e aproveite para se inscrever em meu canal do YouTube.

Conheça o método para viver com muita saúde e energia.