Os hormônios produzidos pela glândula tireoide são responsáveis pelo metabolismo do corpo. Quando estes hormônios não são sintetizados em uma quantidade satisfatória, o corpo sofre uma série de consequências desagradáveis.

Metabolismo atrasado, dificuldade de perder peso, inchaço, preguiça, fraqueza, problemas de memória, são apenas algumas das consequências que o hipotireoidismo pode trazer. Fiz este artigo para que todos entendam os hábitos que podem prejudicar o funcionamento da tireoide.

 

Entendendo a tireoide

A tireoide é uma glândula, que fica localizada na parte anterior pescoço e tem a forma muito parecida com a de uma borboleta. Glândula esta responsável pela secreção dos hormônios tireoídeos. Para produzir corretamente os hormônios, a tireoide precisa de micronutrientes como Iodo, Selênio, Zinco, entre outros.

Estes nutrientes vão vir da alimentação, portanto manter uma alimentação saudável e rica é muito importante para o bom funcionamento da tireoide. Uma boa alimentação, leva a uma boa digestão, boa assimilação e consequentemente boa metabolização para ofertar tudo isso ao corpo.

Para boas quantidades de Selênio, aposte nas oleaginosas, como a Castanha do Pará por exemplo, a ingestão de uma a duas castanhas por dia está muito bom. Cuidado com os excessos, 100g de castanhas contém mais de 600 calorias. 

A falta de atividade física, má qualidade de sono, excesso de álcool e drogas, todos estes hábitos ruins impactam no funcionamento do corpo todo por consequência da tireoide também.

Quer entender mais sobre o hipotireoidismo? Clique aqui para acessar o artigo Hipotireoidismo: Investigação e Diagnóstico.

 

O Flúor de todos os dias

Ingerir água fluoretada ou mesmo usar flúor para higienizar os dentes é um hábito muito comum. Não vou entrar no mérito odontológico aqui, pois não é a minha área, mas o que eu posso dizer é que, para o corpo, esse flúor ingerido em poucas doses todos os dias, faz mal.

Esta pouca quantidade mas que é ingerida todos os dias, continuamente, e através das limpezas regulares feitas no dentista (com alta concentração flúor) prejudicam o funcionamento da tireoide e deveriam ser repensadas. Quando escovamos os dentes, o creme dental que utilizamos entra em contato com toda a parte interna da boca, inclusive com a mucosa e mucosa sublingual, onde então é absorvido pelo organismo.

O flúor e o iodo são absorvidos pelas mesmas vias, logo, o flúor concorre com o iodo. Absorver mais flúor, pode significar absorver menos iodo, então temos chances de ter problemas na tireoide.

 

Outros elementos químicos

O Bromo ainda é utilizado no Brasil. A sua utilização é nas padarias, para fazer aquele pão mais aerado. Na Europa já é proibido, mas aqui no Brasil infelizmente ainda é usado.

O Cloro também é outro elemento que prejudica o funcionamento da tireoide. Nas pessoas que passam muito tempo em piscinas tratadas com Cloro, a pele acaba absorvendo esse Cloro. No caso da sauna, a pessoa vai inalar a água com Cloro, acontece a mesma coisa. Todos eles, Flúor, Bromo e Cloro podem acabar tendo preferência ao iodo, na hora da absorção do organismo e prejudicando a absorção e refletindo no funcionamento do corpo todo.

 

Os alimentos Goitrogênicos

São chamados Goitrogênicos os alimentos que podem prejudicar o funcionamento da tireoide.

As hortaliças da família brassicacea (antigamente chamadas de crucíferas), são exemplos de alimentos goitrogênicos. São elas: repolhos, brócolis, couves em geral (couve-flor, couve manteiga, couve chinesa, couve de Bruxelas), nabos, rabanetes e mostardas. Estes alimentos, quando ingeridos em grandes quantidades diariamente, podem vir a prejudicar o funcionamento da tireoide.

Cuide muito com o suco verde toda manhã caso tenha problemas com a tireoide. No caso destes alimentos, o cozimento pode ajudar a retirar um pouco os nutrientes que podem prejudicar a fabricação dos hormônios da tireoide.

Além das crucíferas, é preciso comentar sobre a soja. Ela é considerada um alimento ruim para o corpo humano em geral. Eu mesmo nem considero mais a soja como um alimento, pois já passou por tantos processos industriais e modificações que acabou se tornando um produto. O consumo da soja também pode ser prejudicial para o funcionamento da tireoide.

Confira aqui o vídeo onde falo sobre o consumo da soja transgênica e o câncer.

 

Medicamentos que prejudicam a tireoide

Também existem medicamentos que podem prejudicar o funcionamento da tireoide, como os antidepressivos e ansiolíticos. Boa parte destes remédios são compostos químicos que contém substâncias que podem atrapalhar o funcionamento da glândula.

Estes compostos podem conter os já falados flúor, ou cloro. Remédios cujos nomes começam com prefixos que vem de flúor ou cloro, exemplo Fluoreto ou Cloreto de alguma coisa, mostra que existe estes elementos na fórmula, este conhecimento é válido para saber o que se toma.

Alguns antiarrítmicos também podem atrapalhar o funcionamento da tireoide. Cuide com o uso prolongado destes medicamentos. Estes remédios podem prejudicar a tireoide muito mais do que qualquer alimento.

Ao começar a se tratar com algum destes medicamentos, avalie os efeitos colaterais. Aumento de peso, queda de cabelo, mais depressão, bolsas inchadas abaixo dos olhos, podem ser sinais de que o remédio está influenciando na sua tireoide. Cabe avaliar se é possível e se vale a pena interromper o tratamento para preservar o bom funcionamento da tireoide.

Ao avaliar o funcionamento da sua tireoide, tenha certeza que nenhum destes medicamentos está sendo usado. Até pomadas podem alterar os resultados dos exames portanto tente estar, por algum tempo, sem a ingestão de medicamentos para poder avaliar corretamente.

 

Uma ciência de probabilidades e possibilidades

Vou deixar claro aqui que, em nenhum momento eu digo que quem escova os dentes com pasta com flúor ou quem come alimentos goitrogênicos vai ter problemas de tireoide. A medicina é uma ciência que trabalha com probabilidades.

A certeza que temos é o que os estudos mostram, e eles mostram a possibilidade. Pra algumas pessoas vai acontecer, pra outras não, não serve pra todo mundo justamente pois cada organismo é único.

O fato é que se eu estiver fazendo todas essas situações que prejudicam, existe muito mais chance de ter problemas. Se errar menos, tem menos chances, é assim que funciona para todo mundo.

Dr Victor Sorrentino