Você sofre com a oleosidade dos cabelos? E da pele?

Geralmente quem tem cabelos oleosos também tem a pele oleosa, pois as glândulas sebáceas funcionam, ou deveriam funcionar, da mesma forma nos dois lugares. Portanto, quem tem o cabelo oleoso, provavelmente terá a pele oleosa também.

 

O que causa a oleosidade?

Pois então, as grandes causadoras da oleosidade são as glândulas sebáceas, as quais produzem uma substância oleosa chamada sebo, que, ao ser liberada na pele e nos cabelos, causa aquela aparência gordurosa, brilhante, e mais opaca nos cabelos.

O excesso de sebo deixa a pele, além de brilhante, com os poros dilatados e favorece o aparecimento da acne. Nos cabelos, além da aparência engordurada, ainda deixa os fios sem volume e grudados no couro cabeludo.

É importante salientar que, ao identificar o excesso de oleosidade na pele ou nos cabelos, é sinal de que as glândulas sebáceas estão trabalhando intensamente, ou também que elas existem em maior número.

As causas para essa produção acelerada de sebo podem ser várias, passando pelo clima, herança genética, e logicamente hábitos, incluindo principalmente a alimentação, mas também podem ser hormonais.

 

Causas Hormonais para a Oleosidade

Sabemos que os hormônios são responsáveis por muitos processos no nosso corpo. Portanto, quando existem alterações, disfunções na síntese e na circulação dos hormônios, tenha a certeza de que aparecerão consequências nas principais atividades orgânicas do corpo.

Alerto aqui que quem possui oleosidade excessiva pode estar sofrendo de desequilíbrio hormonal, uma vez que a produção de sebo é gerenciada pelos hormônios masculinos androgênios, principalmente a testosterona. Aviso aqui que, logicamente, os anticoncepcionais também podem influenciar neste caso.

Quando os casos são extremos, indico a investigação, por meio de exames, para saber exatamente se a causa é hormonal e então poder apontar a melhor forma de tratar o excesso de oleosidade.

Mas o que gostaria de dizer aqui é que a oleosidade não é tão ruim quanto todos pensam. Saiba que para a pele, é considerado o melhor creme anti rugas que existe, a oleosidade natural da pele.

Principalmente aquela que é formada enquanto aproveitamos nosso sono reparador, essa oleosidade é que ajuda a pele a recompor-se, ela vai ajudar nas olheiras, e vai trazer junto com o sono, um aspecto fresco para a sua pele no dia seguinte.

 

Como conviver com a oleosidade?

Sobre os hábitos, combata a oleosidade de dentro para fora, uma alimentação balanceada é sua maior aliada no combate da oleosidade excessiva, escolha alimentos anti-inflamatórios e antioxidantes, e lembre-se de beber bastante água, 2 litros por dia no mínimo é altamente recomendado.

Sobre lavar os cabelos, quanto mais você lavar, mais rápido eles ficarão oleosos, e na pele acontece o mesmo, se lavar muitas vezes por dia, vai continuar estimulando a produção de sebo.

Para os cabelos aponto como soluções práticas o uso do shampoo seco, dry shampoo, e também o talco de bebê, por exemplo, funcionam muito bem para remover a oleosidade momentaneamente e assim você consegue segurar um tempo sem ficar lavando seus cabelos.

Para a pele, o pó facial, aquele soltinho, translúcido, funciona muito bem, pesquise sobre os pós e linhas de maquiagem naturais e profissionais, utilizadas por fotógrafos para diminuir o brilho da pele. Evite o pó compacto, funciona mas não evita o brilho da pele.

Falando de maquiagem, use sempre produtos à prova de água e peles oleosas, assim não corre o risco de borrar. Antes de aplicar a sua maquiagem, um truque é passar gelo ou água gelada na pele, contrai os poros e assim a maquiagem se torna mais durável. Fixador de maquiagem e um primer também são uma boa, para evitar que as cores derretam com a oleosidade da pele.

E uma última dica, ao lavar seus cabelos, aplique o shampoo para cabelos oleosos duas vezes, esfregue bem com movimentos circulares. E de maneira nenhuma aplique condicionador na área perto da raiz dos cabelos, pois todos os condicionadores possuem óleo, que vão deixar sua raiz oleosa num tempo menor do que o normal.

 

E para finalizar, é importante salientar que caso você sofra de oleosidade excessiva, procure um médico especializado, para descobrir se realmente o problema pode estar relacionada à hormônios, para assim indicar tratamentos adequados.

Caso a oleosidade seja aturável, sugiro que faça as pazes com ela. Saiba que quanto mais você lutar para remover o sebo, mais sebo vai criar, na sua pele e nos seus cabelos. Simplesmente porque a função do sebo é a proteção, e quanto mais você retira ele, o corpo querendo se defender, mais vai produzir.

 

Leia também meu artigo sobre os Benefícios do Óleo de Coco.

 

Dr. Victor Sorrentino