Eu já utilizo o óleo de coco há muito tempo e vejo com muita tristeza o fato de que somente recentemente os meios de comunicação começaram a exibir reportagens sobre os benefícios deste alimento.

Sempre repito esta frase que diz:

SE VOCÊ NÃO TEM TEMPO, DINHEIRO OU PRIORIDADE EM CUIDAR DA SUA SAÚDE HOJE, PREVENTIVAMENTE, TERÁ DE TER TUDO ISSO E MUITO MAIS PARA CUIDAR DE SUA DOENÇA.

 

Aqui vai uma lista de benefícios do óleo de coco, que com certeza é a opção mais saudável:

 

AÇÃO ANTIOXIDANTE

Colabora na diminuição da produção de Radicais Livres, pois a gordura do coco diminui as necessidades de Vitamina E do organismo.

 

COLESTEROL

Ajuda na redução do chamado mau colesterol, LDL, evitando que o mesmo se oxide. Além disso, ainda promove a elevação do bom colesterol, o HDL, contribuindo assim na prevenção e tratamento das doenças cerebrais e cardiovasculares.

 

COLABORA NO PROCESSO DE EMAGRECIMENTO

De fácil absorção, a gordura do coco é melhor fonte de triglicerídeos de cadeia média, não necessita de enzimas para sua digestão e metabolismo. No fígado, estes triglicerídeos se transformam rapidamente em energia, desta maneira não se depositam no organismo. Por isto, ela é considerada termogênica, capaz de gerar calor e queimar calorias. Esta capacidade, aliada à facilidade que a gordura de coco tem de estimular a glândula tireoide, aumenta o metabolismo basal, e consequentemente emagrece.

 

MELHORA O SISTEMA IMUNOLÓGICO

Indo na prevenção e no combate aos vermes, bactérias, vírus e fungos, restabelece a energia roubada por estes agentes. Consequentemente, melhora a absorção dos nutrientes, aumentando todas as defesas do organismo. A gordura do coco apresenta a maior concentração de Ácido Láurico dentre todas as gorduras vegetais. Este ácido é o mesmo ácido graxo presente no leite materno e no organismo, e convertido em monolaurin, tem ações para combater inúmeras infecções. Centenas de trabalhos científicos mostram que a gordura de coco extra virgem é capaz de ajudar a combater uma infinidade de bactérias, leveduras, fungos e vírus tais como sarampo, herpes, estomatite vesicular, Cytomegalovirus (CMV), Epstein Bar Vírus, vírus da hepatite C (HCV), AIDS (HIV), giárdia, cândida, cryptosporidium e outros parasitas intestinais.

 

REGULA A FUNÇÃO INTESTINAL

Tanto no caso do prisão de ventre, como no caso da diarréia, os componentes da gordura de coco agem normalizando as funções intestinais.

 

TIREOIDE

Estudos realizados há mais de 30 anos comprovam que a gordura de coco estimula a função da glândula tireoide, tendo ainda ação antienvelhecimento, já que o bom funcionamento da tireoide faz com que o mau colesterol produza hormônios antienvelhecimento, Pregnenolona, Progesterona e DHEA.

 

AÇÃO COSMÉTICA

Os efeitos dos cremes e loções comerciais são temporários, pois em poucas horas, a água proveniente deles é absorvida, acabam não sendo hidratantes eficazes, além de trazer uma montanha de radicais livres, que acabam por agravar a situação da pele.

A gordura do coco pode ser aplicada diretamente sobre a pele e mesmo nos cabelos, é só massagear uma quantidade equivalente a uma colher de sobremesa antes do banho. Além de hidratar a pele e não conter radicais livres, previne rugas garantindo uma verdadeira ação antienvelhecimento, isto se deve à lubrificação da pele, permitindo que os nutrientes do sangue cheguem até ela.

 

AÇÃO DERMATOLÓGICA

Além do poder bactericida, pode ser usada como cicatrizante de feridas, picadas de insetos, proporciona alívio para queimaduras, eczemas e dermatites de contato, bem como no tratamento e herpes e candidíase.

 

DIABÉTICOS

A gordura do coco ajuda a controlar a compulsão por carboidratos. Assim como os alimentos ricos em fibras ajudam a manter um níveis estáveis de insulina no sangue, consequentemente facilitando a vida dos diabéticos, a gordura do coco proporciona uma sensação de saciedade ainda maior, e não estimula a liberação de insulina, contribuindo desta forma para diminuir a compulsão por carboidratos.

 

FADIGA CRÔNICA E FIBRIOMIALGIA

A esmagadora maioria da classe médica ainda insiste em afirmar que estas duas são, na verdade, um quadro depressivo mascarado, devendo portanto ser tratados com antidepressivos. Enquanto na fibromialgia predomina o sintoma DOR, na síndrome da fadiga crônica predomina o CANSAÇO. Hoje, a gordura de coco extra virgem talvez seja uma das melhores soluções para combater ambas.

 

Em resumo, são estes os benefícios do óleo de coco. É preciso estar atento para comprar sempre o extra virgem, prensado a frio e com o selo de autenticidade e pureza. Quanto às cápsulas, sempre tenha orientação para o uso suplementar de cápsulas.

Sobre o óleo para cozinhar, você pode trocar TODOS os óleos pelo óleo de coco, que inclusive pode ser reutilizado sem prejuízo nenhum, quantas vezes você quiser.

 

Até o próximo artigo pessoal!

Dr. Victor Sorrentino