Muitos defendem esse termo, e outros até mesmo condenam. É bem polêmico se depositarmos tanta esperança assim nos rótulos que anunciam os super alimentos. E nos rótulos, eu concordo.

Porém hoje vamos falar aqui sobre os super alimentos de verdade, não os que anunciam nas embalagens de supermercados.

 

Essa tendência vem do fato que, cada vez mais, as pessoas precisam adotar um estilo de vida saudável.

E os motivos eu expliquei no artigo anterior – Quer viver muito? Sua longevidade está na mesa – todos querem fugir das doenças e ter mais qualidade de vida.

 

Acredito que sim, os alimentos (de verdade) podem ser importantes no sentido de proteger e/ou retardar o processo de envelhecimento, atuar no estímulo da beleza física, estimular a inteligência e até mesmo ajudar na luta contra a depressão.

São os alimentos que vão atuar contra os efeitos nocivos dos radicais livres; ricos em substâncias antioxidantes e vitaminas como:

  • Vitaminas A, C, E,
  • Flavonoides
  • Beta-caroteno
  • Ácidos graxos
  • Ômega 3

 

Quais seriam então os superalimentos?

Ovos

Considerado a melhor fonte de proteína natural, de alto valor biológico. Rico em vitaminas, ele oferece relevantes quantidades de vitaminas A, D, K, B2, B5 e B12.  Rico em minerais, especialmente potássio, fósforo, ferro e selênio.

O ovo é fonte de ômega 3 e colina, o nutriente que é indispensável para o bom funcionamento do cérebro. Os carotenoides como zeaxantina e luteína, que são importantíssimos para a visão, podendo inclusive proteger contra a degeneração macular e catarata. É comprovado que ingerir ovos no café da manhã leva a comer menos durante o dia.

Leia também: Ovo – Um alimento completo

 

Mirtilos (Blueberry)

Contém flavonoides e muita vitamina C. Pode ajudar no controle da obesidade, diabetes e doenças cardiovasculares. Contribui para a saúde dos ossos, diminui a pressão arterial, previne câncer e doenças do coração. Promove uma melhora da saúde mental, estimula o bom funcionamento do sistema gastrointestinal, promove saciedade e ajuda no processo de emagrecimento. A vitamina C também atua na batalha contra as rugas.

 

Gojiberry

Poderoso antioxidante que previne o envelhecimento e reduz a ação dos radicais livres. Oferece alta concentração de Vitamina C, muito maior do que a laranja, ajuda no controle do colesterol. Fonte de fibras, o consumo contribui no alcance da sensação de saciedade. Melhora o sistema imunológico, a qualidade do sono e ajuda nos sintomas da menopausa. Contribui para a saúde dos olhos e da visão. Auxilia a manter o bom humor e sensação de bem estar, já que é precursor de serotonina.

 

Alho

Consumir diariamente pode derrubar pela metade as chances de ter câncer. O alho também é responsável por promover um processo semelhante à limpeza do organismo, descartando as células velhas que não estão mais funcionando como deveriam. Além disso, o alho também pode ser considerado um aliado no tratamento de resfriados, da hipertensão e prevenção de problemas cardiovasculares. E é um fortalecedor da imunidade.

 

Gengibre

Poderoso na prevenção contra o câncer. Ajuda a dormir bem, auxilia no funcionamento do sistema digestivo, ajuda a aliviar náuseas e diarreias, previne resfriados, analgésico e anti-inflamatório. Ajuda a manter os bons níveis de colesterol e insulina, a aliviar dores, de músculos, articulações e também cólicas menstruais.

 

Abacate

O abacate é rico em vitamina E, A, B1, B2, gorduras monoinsaturadas, sais minerais, Cálcio, Ferro, Fósforo e Magnésio. Seu acentuado valor energético é relacionado ao seu conteúdo em gorduras, responsável pelo aumento do colesterol HDL (considerado o bom colesterol). Rico em glutationa, o antioxidante mais poderoso que existe no corpo humano.

Leia também: O abacate e seus benefícios

 

Cacau

Alimento considerado pela ORAC (Oxygen Radical Absorbance Capacity) como o alimento de maior nível de antioxidante do mundo. Dos alimentos do planeta, o cacau entrega o maior índice de antioxidantes. Cacau é a comida mais rica em antioxidantes no mundo!

Leia também: Como obter os verdadeiros benefícios do cacau?

 

Romã

Possui uma imensidão de antioxidantes de primeira linha. Rico em água, é boa fonte de potássio, ferro, cálcio e fósforo, além de prevenir problemas cardíacos e o colesterol. Poderoso anti-bactericida, contribui para a queda da pressão arterial. Eficiente no tratamento da acne, é anti-inflamatório e excelente rejuvenescedor para a pele. Melhora a circulação, celulite e facilita a perda de peso. Aumenta a resistência frente a infecção urinária.

 

Chá verde

Extremamente rico em antioxidantes, diminui o colesterol, prevenindo o depósito de gordura no organismo. O chá verde é utilizado no auxilio da perda de peso, aumentando o metabolismo, auxiliando assim a queima e eliminação de gordura. 

 

Brócolis

Fonte de cálcio, rico em proteínas, e ainda ajuda a evitar o câncer de próstata. Por ser antioxidante, atua na prevenção de outros tipos de câncer, como de mama e do colo uterino. Oferece quantidades significativas de beta caroteno, zinco e selênio, é um grande aliado para promover o fortalecimento do sistema imunológico. Oferece potássio e magnésio que regulam a pressão sanguínea. O consumo de brócolis acaba por ser um ótimo controlador da insulina, já que contém muita fibra e pouco açúcar, a taxa de insulina acaba ficando baixa.

 

Uva

O resveratrol presente na uva é um poderoso antioxidante, age diretamente retardando o antienvelhecimento celular. Melhora o colesterol, diminui o risco das doenças cardiovasculares, auxilia no combate às dores articulares, previne o Alzheimer. Inibe a formação de radicais livres, aumenta a resistência das fibras de colágeno, e também pode ser usado na prevenção e tratamento de câncer.

Leia também: O Segredo das Uvas

 

Cúrcuma

Também conhecida como açafrão da terra, é muito bom para a prevenção contra o câncer. Reduz o colesterol, diminuindo a oxidação do LDL. Diminui o tamanho da trombose no infarto do miocárdio. Para quem sofre de diabetes tipo II, diminui os níveis de hemoglobina glicosilada. Diminui as crises de exacerbação na esclerose múltipla. Protege contra Alzheimer e Parkinson; e ainda retardando o processo degenerativo nos casos de Alzheimer. Diminui as dores da artrite. Contribui para o controle de doenças de pele como psoríase e dermatites. E estimula a regeneração muscular.

 

 

A Cilada da Mídia

É preciso tomar cuidado sim com o apelo da mídia, pois alimentos totalmente milagrosos não existem.

Na Europa inclusive empresas foram impedidas de usar o termo super alimento nos rótulos para evitar que o marketing tome conta de mais esse conceito.

É preciso lutar contra o incentivo da alimentação baseada no que diz a mídia. Não adianta se entupir de ‘super alimentos’ e continuar com velhos hábitos sedentários, comendo muito carboidrato, abusando do tabaco e do álcool.

Nenhum superalimento pode compensar uma alimentação desregrada.

A saúde que pode ser proporcionada pelos alimentos vêm de um conjunto de práticas, que além da alimentação inclui os exercícios físicos, e a manutenção de hábitos saudáveis.

Até a próxima gente!

Victor Sorrentino