É possível prevenir as doenças cardiovasculares?

É possível prevenir as doenças cardiovasculares?

Você sabia que pode prevenir as doenças cardiovasculares todos os dias?

Essa é uma premissa básica para a maior parte das doenças. Quando falamos das condições que envolvem o sistema cardiovascular, esse assunto é ainda mais delicado.

Ainda é comum acreditar que a doença cardiovascular é resultado das condições genéticas, ou no sentido mais literal, uma questão de “sorte ou azar”.

No entanto, sabemos que boa parte das doenças que se manifestam no organismo estão diretamente relacionadas ao nosso estilo de vida. Portanto, a falta de um histórico genético das doenças cardiovasculares não livra ninguém de sofrer um infarto, por exemplo.

Nem tal histórico é uma sentença de que um dia você será doente. Diversos estudos demonstram que prevenir as doenças cardiovasculares não apenas é possível como necessário.

Embora cada caso seja bastante específico e demande um atendimento médico personalizado, existem alguns hábitos que podemos recomendar desde já para prevenir as doenças. Continue até o final do artigo para saber quais são.

O papel da genética nas doenças cardiovasculares

A genética conta com a sua relevância no cenário da manifestação de doenças cardiovasculares. No entanto, o percentual de chances de desenvolver essas doenças cai drasticamente em indivíduos que adotam saudáveis hábitos de vida.

É o que demonstra um importante estudo publicado no The New England Journal of Medicine, em 2016. O objetivo dos pesquisadores foi identificar o risco de doenças do coração com base em uma pontuação poligênica atribuída aos polimorfismos de seqüência de DNA nos participantes.

O resultado não surpreendeu. No entanto, apesar de ficar comprovado que 91% das ocasiões de doenças coronárias terem como alvo indivíduos com histórico de doenças na família, ficou claro que a prevenção é muito eficaz.

Os participantes da pesquisa que relataram alto risco genético contavam com 46% menos chances de desenvolver doenças coronárias ao adotarem um estilo de vida saudável.

Por isso, podemos afirmar com a segurança que os estudos científicos respaldam que a genética é importante, mas não é tudo.

Então, quais hábitos de vida previnem as doenças do coração?

A sua herança genética não pode ser trocada, mas pequenos ajustes no seu cotidiano podem mudar completamente a sua saúde. Você pode prevenir a partir de hoje as doenças do coração se:

  • Praticar exercícios físicos com frequência regular, no mínimo 3 vezes por semana. Atividades aeróbicas são as melhores para fortalecer o coração;
  • Deixar de fumar de uma vez por todas;
  • Evitar o consumo de alimentos processados, como já ensinei neste artigo;
  • Alcançar um peso saudável, emagrecendo e diminuindo a circunferência do abdômen se estiver obeso ou ganhando massa muscular se estiver abaixo do peso.

Todas essas recomendações envolvem mudanças para a maioria de nós. Sei que alguns desses itens podem ser difíceis, mas lembre-se: você é o principal responsável pela sua saúde.

Não há nenhuma decisão que você escolha sem uma consequência. A saúde do seu coração e de todo o seu organismo está em suas mãos!

Então, como adotar esses hábitos saudáveis e quais as consequências de negligenciá-los?

Essas informações você encontra em meu Curso Forte Coração.

Além disso, você vai entender em qual contexto as doenças coronárias se manifestam e como proteger o seu coração de diversas patologias, incluindo o infarto e o acidente vascular cerebral (AVC).

Conheça agora: Curso Forte Coração.

Eu espero que este artigo seja útil para você compreender a importância de prevenir as doenças cardiovasculares.

Até a próxima!

Conheça o método para viver com muita saúde e energia.