Como saber se falta algum nutriente no organismo?

Como saber se falta algum nutriente no organismo?

É preciso autoconhecimento para saber se falta algum nutriente no organismo. Não é preciso ser um médico para entender que algo não vai bem. Apenas ouvir o próprio corpo, sem ignorar nenhum sinal!

Quando seu carro faz sons estranhos, o que você faz? Ignorar pode custar desde o estrago de um componente caro até a sua própria vida.

Se é assim com seu carro, por que precisa ser diferente com seu corpo? O conjunto do organismo é seu veículo para passar pela vida. Os cuidados e a atenção que você dispensa é o que definem quão longe você chega – vale para o carro e para o seu corpo.

Assim como o seu carro, o seu corpo também dá sinais. E ignorá-los também custa caro.

Especialmente em um contexto da medicina onde quanto antes uma doença é descoberta, maior a chance de cura.

Mesmo que você não esteja gravemente doente, tratar a falta de nutrientes com pouco caso pode levar a problemas maiores. Algo pequeno pode se agravar. Ou, se você costuma usar um medicamento – com ou sem orientação – para tratar esse sintoma, saiba que está apenas silenciando um sinal.

Não silencie seu corpo: ouça e atenda

Quanto mais você silencia o corpo, menos garante oportunidades para tratá-lo da maneira que merece. É como varrer a sujeira para debaixo do tapete: à primeira vista, parece tudo limpo… Mas, a poeira continua ali a atrair insetos.

Um analgésico pode trazer conforto ao sumir com a dor, mas aquilo que causa a dor vai continuar ali. O remédio ainda traz desgastes ao seu organismo. Desencadeia em efeitos colaterais que você vai procurar solucionar com outros remédios, num círculo vicioso.

Não faça isso com você mesmo!

Afinal, quais os sinais que o corpo dá?

Ficamos tão acostumados aos desconfortos do corpo que, se não silenciamos, ignoramos. Fazemos de conta que está tudo bem ainda que o corpo grite.

Queda exagerada dos cabelos, cansaço extremo, feridas que aparecem na pele… Tudo isso é consequência da falta de nutrientes. Só para começar a falar.

Geralmente, os sinais que o corpo dá estão relacionados a falta de algum nutriente específico. Eu diria que, da maneira como estamos acostumados a nos alimentar hoje, dificilmente consumimos todos os nutrientes necessários.

A falta desses nutrientes tornam seu organismo um terreno fértil para que processos inflamatórios iniciem e se espalhem. Quando algum nutriente está faltando, o corpo conta com maneiras até curiosas de sinalizar. Saiba alguns.

Rosto com feridas avermelhadas e queda de cabelo

A queda de cabelo pode ter inúmeras causas. Uma delas é a deficiência de zinco. Você também pode notar dificuldade em cicatrizar feridas, pele mais ressecada e as erupções que aparecem no rosto.

Também pode indicar falta da vitamina B7 (biotina) ou das vitaminas biossolúveis A, B, D, E e K. Para isso, experimente consumir oleaginosas, semente de abóbora, cereais integrais, abacate, couve-flor e banana.

Leia também: Como vencer os problemas digestivos sem omeprazol

Bolinhas parecidas com acne espalhadas por bochechas, coxas e braços

De cores branca e avermelhada, essas bolinhas parecem pequenos grãos pouco maiores que a acne e que costumam doer. Parecem verdadeiras bolinhas de gordura.

Podem significar ausência de vitamina A e D, além da falta das gorduras de boa qualidade. Sua dieta precisa incluir salmão, linhaça, chia e oleaginosas, ricas em ácidos graxos. Também precisa de cenoura e outros alimentos ricos em vitamina A.

Formigamento e dormência nas mãos e nos pés

Quando faltam as vitaminas B6 e B12 no organismo, os nervos periféricos – esses que terminam na pele – são afetados. Daí, as sensações de formigamento e dormência nas extremidades do corpo são comuns.

São sintomas que podem vir acompanhados de fadiga e até de algum desequilíbrio hormonal. Se for o seu caso, experimente consumir aspargos, espinafre, ovos e ervilhas.

Recado importante!

Esses são alguns dos exemplos mais comuns de sintomas da deficiência de algum nutriente. As causas podem variar, assim como os sintomas.

Todos os sinais acima listados parecem não passar de pequenos incômodos do cotidiano. Mesmo assim, merecem investigação. É por isso que insisto: diante do menor sinal, quando você percebe que é persistente, consulte um médico de sua confiança.

Você pode realizar esse acompanhamento junto de um nutricionista, a fim de fazer uma reeducação alimentar. Caso necessário, esse profissional pode até suplementar alguns nutrientes, caso seja difícil encaixar na sua alimentação ou a sua necessidade pedir.

Eu espero que este artigo ajude você em sua dúvida sobre “como identificar se falta algum nutriente no organismo?”

Para saber:

Como envelhecer sem engordar, sem adoecer e sem perder a memória
Como emagrecer com saúde e manter-se magro definitivamente
Como mudar hábitos que são tóxicos a sua saúde
Como acordar todos os dias com energia e disposição
Como se livrar de remédios que mais intoxicam do que curam
Como manter a libido em todas as idades

Conheça o meu curso online com mais de 80 aulas, 3 cursos bônus e
um grupo com LIVES exclusivas para alunos no Facebook!

SEGREDOS PARA UMA VIDA LONGA

Acesse mais informações no site do curso:

Segredos para uma vida longa

Conheça o método para viver com muita saúde e energia.