Quais os sinais que o açúcar no sangue está alto?

Quais os sinais que o açúcar no sangue está alto?

Normalmente, se o açúcar no sangue está alto, é difícil notar algum sintoma.

O fato de consumirmos mais açúcar que o comum, infelizmente, também mascara a questão relacionada a sentir que algo está diferente.

No entanto, trata-se de um assunto que merece atenção. O alto nível de glicose no sangue conta com um nome: hiperglicemia.

Esse quadro, em períodos prolongados, prejudica os órgãos, vasos sanguíneos e nervos.

Quando o nível de glicose do sangue se eleva, algumas células especiais sintetizam a insulina, o hormônio responsável por controlar a quantidade de glicose no sangue.

O corpo necessita da insulina para aproveitar a glicose em forma de energia, obtida através dos alimentos. Quando o corpo não fabrica insulina ou não consegue utilizá-la da melhor maneira, surge uma doença crônica chamada diabetes.

Mas diante de tudo isso, quais seriam os sinais que o corpo dá quando o nível de açúcar está alto demais?

Vou listar a seguir e, como sempre digo, é preciso ouvir o que o corpo sinaliza, em vez de encarar tais sintomas como “normais”.

Urinar com mais frequência

A reação imediata do organismo para equilibrar a concentração de glicose torna-se uma reação em cadeia no organismo que resulta no aumento o volume de líquido no sangue.

Excesso de urina, fome e sede, são considerados os maiores sintomas da elevação da glicose. Uma pessoa normal urina entre 1,5 e 2 litros por dia.

Quantidades superiores a 2,5 litros são consideradas excessivas, com exceção dos fisiculturistas que bebem muita água.

Sede excessiva

Quando o corpo está eliminando muitos fluidos nesse caso é preciso repor os fluidos para não correr o risco de desidratar. As pessoas geralmente acreditam que a urina em excesso é um resultado da sede, assim, mas na verdade o correto é o contrário.

Os sinais da sede são acionados no cérebro assim que inicia o processo de urinar excessivamente.

Fome acima do normal

A fome é resultado do baixo nível de insulina.

Se não existe insulina suficiente para levar a glicose do sangue para as células, a energia não é distribuída e surge a sensação de fome. As células são incapazes de entender que existe glicose em abundância, mas é impossível ter acesso a ela, por falta de insulina.

Perda rápida de peso

Pode acontecer devido a outros fatores. Urinar em excesso faz perder peso e a queda do nível de insulina também faz o corpo queimar mais gorduras. Mas lembre-se, é uma perda de peso nada saudável.

Outros sintomas também comuns são:

• Dificuldade e/ou demora de cicatrização de cortes e outros machucados;

• Pele seca, escamando, com coceira e vermelhidão;

• Dores de cabeça;

• Cansaço e irritabilidade;

• Distúrbios intestinais (diarreia ou constipação).

Caso apresente tais sinais com frequência, recomendo revisar o seu estilo de vida e procurar um médico. Ele pode avaliar o seu estado de saúde e te guiar por hábitos mais saudáveis e adequados à sua fisiologia.

Os problemas que o açúcar alto no sangue podem causar

A hiperglicemia pode representar um sério risco à saúde. Quando não é monitorada ou controlada, pode evoluir para quadros como microangiopatia, macroangiopatia, retinopatia, neuropatia, entre outros.

É por isso que, em especial pacientes diabéticos, precisam manter o controle da hiperglicemia. Equilibrar a alimentação, praticar exercícios físicos e verificar o nível de açúcar no sangue com regularidade é essencial.

No caso de diabetes tipo 1, injeções de insulina podem ser aplicadas com objetivo de normalizar o nível de açúcar no sangue. Enquanto nos casos de diabetes tipo 2, alguns medicamentos podem ser indicados pelo médico.

No entanto, o estilo de vida é um fator determinante para conquistar mais saúde e bem-estar. Portanto, não tenha medo de mudar seus hábitos para melhor.

Assista minha aula gratuita

Eu e o cardiologista Dr. Túlio Sperb gravamos uma aula exclusiva sobre “Suplementação e Fitonutrientes para Hipertensão e Saúde do Coração”. Para participar 100% grátis, basta clicar no botão abaixo:

Espero ter esclarecido sobre os sinais de que o açúcar no sangue está alto.

Até a próxima!

Conheça o método para viver com muita saúde e energia.