Testosterona baixa: sintomas e causas

Testosterona baixa: sintomas e causas

A testosterona baixa pode ocasionar em diversos desequilíbrios metabólicos.

Ao mesmo tempo, os desequilíbrios metabólicos podem derrubar as taxas de testosterona. Sim, é possível e um tanto quanto confuso. Se você quer entender mais sobre o tema, continue neste artigo.

Apesar de ser comumente associada à libido, a testosterona cumpre mais de 200 funções em nosso organismo. Entre as principais, vou destacar:

  • Energia;
  • Poder de cognição;
  • Bom funcionamento do coração (órgão com maior quantidade de receptores para testosterona);
  • Constituição óssea;
  • Formação muscular;
  • Sexualidade.

No entanto, temos aqui uma via de mão dupla.

Relação entre testosterona e metabolismo

Pessoas em situação de sobrepeso ou obesidade devido aos maus hábitos alimentares e ao sedentarismo costumam contar com gorduras acumuladas no corpo, certo?

Essa construção de gorduras faz que a produção da enzima aromatase aumente. O adipócito branco, além de produzir mais de 30 citocinas inflamatórias, também estimula o aumento dessa enzima.

E por qual razão menciono a enzima aromatase?

Porque esta é a responsável por transformar a testosterona em estradiol, que é o estrogênio. Portanto, os níveis de testosterona não devem ser medidos em uma conta isolada. É preciso considerar os níveis de estradiol.

A conversão de testosterona em estradiol, em certo nível, é até normal.

No entanto, quando os níveis de estradiol superam muito os níveis de testosterona, é preciso buscar uma explicação. Além deste, existem outros hormônios que transformam a testosterona, como a di-hidrotestosterona e a 5-alfa redutase.

Em muitos casos, é preciso verificar se os hormônios base para produção de testosterona estão balanceados.

Leia também: Entenda o que é a Síndrome do Ovário Policístico

Sobrepeso ou problema hormonal: o que vem antes?

Este problema, conforme já expliquei, é bastante relacionado aos maus hábitos alimentares e de estilo de vida.

É claro que, a partir dos 40 anos, o nível desse hormônio cai naturalmente. Nessa idade, é recomendável que o homem faça acompanhamento médico regular e fique ainda mais atento com a saúde.

Porém, quando o homem não estimula a produção da testosterona em níveis saudáveis com exercícios físicos e alimentação saudável, o organismo está sujeito à produção de outros hormônios, como o cortisol.

Além disso, o aumento da gordura gerada por esses maus hábitos “sequestra” a testosterona, agravando o problema.

Você sabe por que isso acontece, afinal?

Nosso organismo é um grande estocador. Quanto mais energia for possível armazenar, mais isso vai acontecer.

Quanto mais gordura branca, menos testosterona. Quanto menor o nível do hormônio, mais gordura branca. Essa relação de causa-efeito que se confunde precisa ser interrompida.

Como equilibrar os níveis hormonais?

Não há como ter certeza se é a falta de testosterona que gera o sobrepeso ou o contrário.

Para isso, é preciso fazer um acompanhamento detalhado. Ainda assim, podemos fazer que o indivíduo produza a quantidade correta de testosterona independente da sua faixa etária.

A partir de informações sobre as taxas hormonais e do estilo de vida, é possível solucionar o problema.

Pode ser estimulando a produção para aqueles que podem, somando com a suplementação para aqueles que já não produzem ou uma reversão do caso.

Sempre contando com ajustes na alimentação, estilo de vida e suplementação.

Espero que este artigo tenha ajudado você a entender sobre o que é e como proceder diante desse problema. Para saber mais, assista ao vídeo abaixo e aproveite para se inscrever em meu canal do YouTube.

Esse conteúdo te ajudou? Meu livro pode te ajudar mais

O livro digital QUERO VIVER 150 ANOS é uma coletânea de tudo que você precisa saber para viver longos anos de vida com máxima energia e vitalidade.

Esse material pode mudar radicalmente a sua opinião sobre saúde. E vai mudar também o seu conceito sobre longevidade humana e o seu futuro.

Para garantir o seu livro digital, basta clicar abaixo e solicitar esse material 100% on-line:

Até a próxima!

Dr. Victor Sorrentino

Conheça o método para viver com muita saúde e energia.